ISO 22000

Segurança de Alimentos: BPF, APPCC, FAMI/QS, ISO 22000, FSSC 22000

A

garantia da produção de alimentos seguros à saúde do consumidor não depende somente da implementação dos programas de pré requisitos operacionais e monitoramento dos pontos críticos de controle. É fundamental que a organização avalie sistematicamente os resultados apresentados por estes controles e gerencie os processos relacionados à segurança de alimentos, identificando as melhorias necessárias.

ISO 22000
A norma ISO 22000 estabelece um referencial para a efetiva gestão da segurança de alimentos e é aplicável a todas as organizações da cadeia produtiva de um alimento.

A NBS possui metodologia para promover o levantamento da legislação de segurança de alimentos aplicável à organização, a elaboração do plano APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle) e o desenvolvimento e implementação do sistema de gestão, segundo os requisitos da norma.

FSSC 22000
A FSSC 22000 é um modelo de certificação baseado na integração dos sistemas de gestão de segurança de alimentos ISO 22000 e da especificação ISO/TS 22002-1. Esse modelo é apoiado pela CIAA (Confederation of the Food and Drink Industries of the European Union) e sua implementação é aprovada pela GFSI (Global Food Safety Iniciative).

Enquanto a ISO 22000 é uma ferramenta de gestão de negócios voltada para controlar e reduzir perigos e riscos da segurança de alimentos e para assegurar a conformidade do produto, a ISO/TS 22002-1 é mais focada para atender exigências específicas dos chamados PRP´s (Prerequisite Programs), voltados ao controle dos riscos de segurança dos alimentos dentro dos processos de manufactura.

A FSSC 22000, união dos dois programas, foi desenvolvida para os fabricantes de alimento que fornecem ou planejam fornecer seus produtos para os principais varejistas de alimentos ou grandes empresas do setor.

As empresas já certificadas conforme a ISO 22000 precisarão somente uma revisão adicional para adequar-se ao PAS 220, e assim obter a certificação FSSC 22000. Programas como implementados como PRP, PBF ou HACCP também podem ser utilizados como base para o desenvolvimento dos elementos combinados da ISO 22000 e do PAS 220.

APPCC
Nos últimos anos, a cadeia produtiva de alimentos tem investido na implementação de sistemas que garantam a produção de alimentos seguros à saúde do consumidor, impulsionada, dentre outros fatores, pela:

– Intensificação da legislação e regulamentação relacionadas à Segurança e Higiene;
– Maior conscientização e exigência dos consumidores pela Segurança de Alimentos;
– Necessidade da adoção de controles reconhecidos internacionalmente, em função da globalização.

Além disso, a sociedade passou a exigir que as empresas desempenhem o seu papel quanto à responsabilidade social, preocupando-se com a degradação ambiental e respeitando a saúde e segurança ocupacional.

O sistema HACCP – Hazard Analysis and Critical Control Point ou, em português, APPCC – Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle é um sistema preventivo, concebido para garantir a produção de alimentos seguros à saúde do consumidor, mediante identificação, avaliação e controle de perigos de contaminação de um alimento, desde sua elaboração até o consumo final. Seus princípios foram desenvolvidos na década de 60, a pedido da NASA, para assegurar que os alimentos consumidos pelos astronautas não representassem riscos para sua saúde. Este sistema é aplicável a qualquer organização da cadeia produtiva de alimentos e enfatiza a responsabilidade dos produtores quanto à saúde e Segurança de Alimentos.

Os Sete princípios para desenvolvimento do Sistema APPCC são:

Princípio 1 – Análise dos perigos e medidas preventivas;
Princípio 2 – Identificação dos pontos críticos de controle (PCCs);
Princípio 3 – Estabelecimento dos limites críticos;
Princípio 4 – Estabelecimento dos procedimentos de monitorização;
Princípio 5 – Estabelecimento de ações corretivas;
Princípio 6 – Estabelecimento dos procedimentos de verificação;
Princípio 7 – Estabelecimento dos procedimentos de registros;

A NBS possui grande competência e experiência no desenvolvimento desse Sistema na área de Alimentos e desenvolve as atividades a seguir:

– Treinamentos práticos voltados para o exercício da metodologia de desenvolvimento do Sistema APPCC;
-Treinamentos de Auditores Internos do Sistema APPCC;
– Diagnóstico para Implantação de Sistemas APPCC, identificando principais adequações necessárias para seu desenvolvimento;
– Diagnóstico para validação de planos APPCC (metodologia, coerência, embasamento científico, oportunidades de melhoria);
– Desenvolvimento de Sistemas APPCC ;
– Consultoria em Validação de Medidas de Controle do Sistema APPCC;
– Auditorias Internas em Sistemas APPCC já implantados.

PAS223 (Indústria de Embalagens)
O PAS 223 foi desenvolvido para abordar as questões de segurança dos alimentos para projetos e produção de embalagens para alimentos e bebidas. Foi elaborado com a intenção de ser usado juntamente com a ISO 22000, a norma internacional de sistemas de gestão da segurança dos alimentos através da cadeia de suprimentos.

O desenvolvimento dessa norma foi patrocinado pela “Safe Supply of Affordable Food Everywhere (SSAFE), em conjunto com representantes da The Coca-Cola Company, da Foundation for Food Safety Certification (FSSC), de grandes empresas internacionais fabricantes de alimentos e bebidas como Nestlé, Danone, Unilever e Kraft; de fornecedores de embalagens como Tetra Pak, Amcor, Alpla, Rexam e Owens-Illinois, e de representantes de associações comerciais de embalagem como o Institute for Packaging Professionals/Food Safety Alliance for Packaging (FSAP).

Os PRP’s(Programas de Pré requisitos) para a segurança dos alimentos do PAS 223 incluem:

Desenvolvimento de projeto, fabricação e manutenção.
Controle dos riscos à segurança dos alimentos e de potenciais fontes de contaminação
Layout e instalações dos locais de trabalho
Estruturas internas e acessórios, incluindo ralos, forros, luminárias, janelas, etc.
Localização dos equipamentos
Estruturas temporárias e móveis
Estocagem e armazenamento
Instalações, incluindo fornecimento de água, qualidade do ar e ventilação, ar comprimido e outros gases, iluminação
Gestão e remoção de resíduos, incluindo recipientes, fossas e drenagem
Adequação e manutenção dos equipamentos, incluindo superfícies de contato no processo de embalagem de alimentos e manutenção preventiva e corretiva
Materiais adquiridos e suprimentos, incluindo seleção e gestão de entrada de matérias-primas
Contaminações e migrações, incluindo microbiológica, física, química e por alergênicos
Limpeza, incluindo produtos de limpeza, ferramentas, programas e monitoração de eficácia
Controle de pragas, incluindo programas, prevenção, monitoração e erradicação
Higiene pessoal
Retrabalho e recolhimento de produto
Conscientização dos consumidores
Food Defense, biovigilância e bioterrorismo
Projeto e desenvolvimento de embalagem para alimentos
FAMI-QS

A preocupação mundial em relação à segurança de alimentos, cada vez mais, se estende a todos os envolvidos na cadeia produtiva. O Código de Prática Europeu para Produtores de Aditivos e Pré-misturas para Ração Animal (FAMI-QS) encoraja o desenvolvimento de guias de Boas Práticas e Higiene e de aplicação do sistema APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle). Tem como objetivos assegurar a segurança de aditivos e pré-misturas para ração animal e a operação do negócio de acordo com os requisitos de higiene europeu e melhorar a rastreabilidade dos produtos.

A NBS oferece treinamentos e consultoria para desenvolvimento e implementação de sistema de gestão da segurança de alimentos, visando a certificação conforme os requisitos do código.

Por que escolher a NBS?

1. Abordagem Objetiva

Aplicamos os conceitos de análise de riscos para focar nos fatores que provocam impacto adversos aos negócios e nas operações. Temos capacitação e experiência no desenvolvimento e implementação de ferramentas de gestão organizacional, de forma a prover soluções simples e integradas para problemas complexos.

2. Compromisso com os Resultados

Utilizamos as técnicas de Gerenciamento de Projetos para garantir a qualidade e os prazos estabelecidos. Desta forma, não atuamos apenas como consultores, mas também como Gerentes de Projetos, provendo confiança para os clientes quanto ao atendimentos de prazos e cronogramas.

3. Trabalho em Equipe

Atuamos em conjunto com as pessoas da organização, buscando o envolvimento e comprometimento das pessoas chaves e respeitando à cultura da organização.

4. Conhecimento

Nossa visão é compartilhar e transferir conhecimento para os clientes. Acreditamos que esta é a melhor forma para assegurar o desenvolvimento das equipes envolvidas em nossos projetos de forma que seja possível perpetuar as soluções desenvolvidas e implementadas.